Andre Tezza Consentino

  • Mestre
  • Professor
  • Membro do NDE de Publicidade e Propaganda
  • Publicidade e Propaganda

Conosco desde 14/02/2002

Produções

Produção bibliográfica

    Artigos completos publicados em periódicos(6)


      TEZZA CONSENTINO, André. Educação e Música: considerações sobre a formação do ouvinte em tempos de Internet. Mediação (Curitiba). v. 1, p. 22-25, issn: 1808-2564, 2014.

      Qualis: Não identificado (Mediação (Curitiba))

      TEZZA CONSENTINO, André. Adorno leitor de Nietzsche. Comunicação: Reflexões, Experiências, Ensino. v. 6, p. 07, issn: 2175-5132, 2013.

      Qualis: Não identificado (Comunicação: Reflexões, Experiências, Ensino)

      TEZZA CONSENTINO, André. Relativismo Cultural e o filme. Mediação (Curitiba). v. 13, p. 38-42, issn: 1808-2564, 2009.

      Qualis: Não identificado (Mediação (Curitiba))

      TEZZA CONSENTINO, André. Indústria Cultural, Totalitarismo e Sociedade de Consumo: reflexões sobre o declínio da Teoria Crítica. Comunicação: Reflexões, Experiências, Ensino. v. 2, p. 155-163, issn: 2175-5132, 2009.

      Qualis: Não identificado (Comunicação: Reflexões, Experiências, Ensino)

      TEZZA CONSENTINO, André. Imperativos éticos e ação: o desafio das causas coletivas na era do hiperconsumo. Mediação (Curitiba). v. 12, p. 34-36, issn: 1808-2564, 2008.

      Qualis: Não identificado (Mediação (Curitiba))

      TEZZA CONSENTINO, André. Malazarte e a estética irracionalista. Revista Letras (Curitiba). v. 60, p. 247-258, issn: 0100-0888, 2003.

      Qualis: Não identificado (Revista Letras (Curitiba))


    Livros publicados/organizados ou edições(3)


      CASTELO, H. A. M. (Org.) ; SCHWARTZ, C. L. M. (Org.) ; TEZZA CONSENTINO, André (Org.) ; MACHADO, C. M. (Org.) ; MACEDO, Ricardo (Org.). Memória da publicidade paranaense : pioneiros. 1 ed. Curitiba: , 2013. v. 1, p. 148.

      TEZZA CONSENTINO, André; MACEDO, Ricardo (Org.) ; CASTRO, A. (Org.). Comunicação reflexões, experiências, ensino - volume 2. 2 ed. 2009. .

      MACEDO, Ricardo Pedrosa; TEZZA, André Consentino (Org.) ; CASTRO, Alexandre (Org.). Comunicação reflexões, experiências, ensino - volume 1. 1 ed. Curitiba: , 2008. v. 1, p. 228.


    Textos em jornais de notícias/revistas(10)


      TEZZA CONSENTINO, André. Educar para um consumo responsável. Gazeta do Povo, 19 fev. 2016.

      TEZZA CONSENTINO, André. Keith Jarrett, um pianista imprevisível. Gazeta do Povo, 20 jun. 2015.

      TEZZA CONSENTINO, André. Impressões sobre a genialidade. Gazeta do Povo, 20 jun. 2015.

      TEZZA CONSENTINO, André. Presenciar um concerto de Keith Jarrett é algo próximo da transcendência. Gazeta do Povo, 20 jun. 2015.

      TEZZA CONSENTINO, André. Das diferenças entre Bill Gates e Manfred Eicher. Caderno do Empreendedor, .

      TEZZA CONSENTINO, André. Ética, responsabilidade social e o papel do Estado. Caderno do Empreendedor, .

      TEZZA CONSENTINO, André. Mudanças do mercado e os limites da formação técnica. Caderno do Empreendedor, .

      TEZZA CONSENTINO, André. Novela exemplar de um empreendedor. Caderno do Empreendedor, .

      TEZZA CONSENTINO, André. Propaganda premiada costuma funcionar. Caderno do Empreendedor, .

      TEZZA CONSENTINO, André. Quem tem medo de criatividade. Caderno do Empreendedor, .


    Trabalhos completos publicados em anais de congressos(6)


      TEZZA CONSENTINO, André. Fascínio da Mercadoria: Interfaces com a Arte. Em: Comunicon 2015 - Congresso Internacional Comunicação e Consumo, 2015.

      Qualis: Não identificado (Comunicon 2015 - Congresso Internacional Comunicação e Consumo)

      TEZZA CONSENTINO, André. Os Limites de uma Epistemologia para o Ensino de Publicidade e Propaganda. Em: XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2014.

      Qualis: Não identificado (XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação)

      TEZZA CONSENTINO, André. Apontamentos da Moral Mínima: Adorno leitor de Nietzsche. Em: 36º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2013.

      Qualis: Não identificado (36º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação)

      ROCHA, Nikole ; MILEK, Eduardo Albernaz ; TEZZA CONSENTINO, André. Manifestações da linguagem publicitária diante das alterações do ambiente socioeconômico. Um estudo de caso do Banco Santander. Em: 36º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2013.

      Qualis: Não identificado (36º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação)

      TEZZA CONSENTINO, André. Autoridade, Estética e Consumo: Limites para o Conceito de Indústria Cultural. Em: XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2009.

      Qualis: Não identificado (XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação)

      TEZZA CONSENTINO, André. Relações entre produção e recepção da música massificada contemporânea. Em: Intercom Sul - VII Simpósio de Pesquisa em Comunicação, 2006.

      Qualis: Não identificado (Intercom Sul - VII Simpósio de Pesquisa em Comunicação)


    Resumos publicados em anais de congressos(3)


      TEZZA CONSENTINO, André; SOUSA, J. P.. Intolerância e pós-verdade. Em: Dia do Jornalismo e Estudos Midiáticos, 2018, Porto - Portugal. Intolerância e pós-verdade, 2018.

      TEZZA CONSENTINO, André; SOUSA, J. P.. Intolerância e pós-verdade: pesquisa netnográfica e análise de conteúdo das páginas de facebook de quatro pré-candidatos a presidente no Brasil. Em: VI Congresso Internacional de la AE-IC, 2018, Salamanca. Intolerância e pós-verdade: pesquisa netnográfica e análise de conteúdo das páginas de facebook de quatro pré-candidatos a presidente no Brasil, 2018.

      TEZZA CONSENTINO, André. Adorno e a Indústria Cultural: atualidade e limites do conceito. Em: XIV Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2010, Águas de Lindóia. XIV Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia. Águas de Lindóia: Anpof, v. 14, p. 55-56, 2010.


    Apresentações de trabalho(12)


      TEZZA CONSENTINO, André; SOUSA, J. P.. Intolerância e pós-verdade: pesquisa netnográfica e análise de conteúdo das páginas de facebook de quatro pré-candidatos a presidente no Brasil. 2018. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André; SOUSA, J. P.. Intolerância e pós-verdade. 2018. Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra

      TEZZA CONSENTINO, André. Pensacom - Prioridades do Ensino de Comunicação. 2018. Apresentação de Trabalho/Seminário

      TEZZA CONSENTINO, André. Comunicon 2015 - Congresso Internacional Comunicação e Consumo. 2015. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Os Limites de uma Epistemologia para o Ensino de Publicidade e Propaganda. 2014. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Apontamentos da Moral Mínima: Adorno leitor de Nietzsche. 2013. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Flim - Festa Literária do Medianeira. 2013. Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra

      TEZZA CONSENTINO, André. Publicidade e consumo: interfaces comunicação e juventude. 2010. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Adorno e a Indústria Cultural: atualidade e limites do conceito. 2010. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Autoridade, Estética e Consumo: Limites para o Conceito de Indústria Cultural. 2009. Apresentação de Trabalho/Congresso

      TEZZA CONSENTINO, André. Censura, Liberdade e Responsabilidade. 2009. Apresentação de Trabalho/Comunicação

      TEZZA CONSENTINO, André. A ascensão do luxo e a corrosão da autoridade. 2009. Apresentação de Trabalho/Comunicação


    Demais tipos de produção bibliográfica(4)


      TEZZA CONSENTINO, André; MACEDO, Ricardo ; CASTRO, A.. Comunicação: reflexões, experiências, ensino. Curitiba. 2010. Prefácio, Pósfacio/Apresentação

      TEZZA CONSENTINO, André; CASTRO, A. ; MACEDO, Ricardo. Comunicação: reflexões, experiências, ensino. Curitba. 2010. Prefácio, Pósfacio/Apresentação

      TEZZA CONSENTINO, André; CASTRO, A. ; MACEDO, Ricardo. Comunicação: reflexões, experiência, ensino. Curitiba. 2009. Prefácio, Pósfacio/Apresentação

      TEZZA CONSENTINO, André; CASTRO, A. ; MACEDO, Ricardo. Comunicação: reflexões, experiência, ensino. Curitiba. 2008. Prefácio, Pósfacio/Apresentação


Produção técnica


      Trabalhos técnicos(13)


        TEZZA CONSENTINO, André. Correção das redações do vestibular da UFPR - 2003. 2003.

        TEZZA CONSENTINO, André. Tendências na redação publicitária: o que mudou e o que vai mudar. 2015. (Programa de rádio ou. 2015.

        TEZZA CONSENTINO, André. Entrevista para o projeto Sujeito Leitor, do Colégio Medianeira. 2013. (Programa de rádio ou. 2013.

        TEZZA CONSENTINO, André. Um produto feito de vida. 2012. (Programa de rádio ou. 2012.

        TEZZA CONSENTINO, André. Practice Digital - Agência Experimental de Publicidade e Propaganda da UP. 2015. (Rede. 2015.

        TEZZA CONSENTINO, André. Página Oficial do Facebook do escritor Cristovão Tezza. 2015. (Rede. 2015.

        TEZZA CONSENTINO, André. Social Mídia da Joana Joaninha Boutique de Flores. 2015. (Rede. 2015.

        TEZZA CONSENTINO, André. Practice Digital - Agência Experimental Digital de Publicidade e Propaganda da UP. 2014. (Rede. 2014.

        TEZZA CONSENTINO, André. Social Mídia da Joana Joaninha Boutique de Flores. 2014. (Rede. 2014.

        TEZZA CONSENTINO, André. Página Oficial do Facebook do escritor Cristovão Tezza. 2014. (Rede. 2014.

        TEZZA CONSENTINO, André. Practice Digital - Agência Experimental Digital de Publicidade e Propaganda da UP. 2013. 2013.

        TEZZA CONSENTINO, André. Página Oficial do Facebook do Escritor Cristovão Tezza. 2013. (Rede. 2013.

        TEZZA CONSENTINO, André. Practice Digital - Agência Experimental Digital de Publicidade e Propaganda da UP. 2012. 2012.


      Demais tipos de produção técnica(4)


        TEZZA CONSENTINO, André. Interpretação para cinema, televisão e publicidade. 2007. Curso de curta duração ministrado/Extensão

        TEZZA CONSENTINO, André; GALINDO, Caetano ; STROPARO, Sandra ; CASTELO, H. A. M. ; BEZERRA, Rafael ; RECH, P. E. ; FERRARI, L.. Ler e Ver: os Livros que viraram filmes. 2006. Curso de curta duração ministrado/Extensão

        TEZZA CONSENTINO, André. Matrizes: Música criando música. 2006. Curso de curta duração ministrado/Extensão

        TEZZA CONSENTINO, André; GALINDO, Caetano ; CASTELO, H. A. M. ; LACERDA, E. ; RECH, P. E. ; FERRARI, L.. Leitura Comentada. 2004. Curso de curta duração ministrado/Extensão


    Produção artística


      Orientações em andamento


        Supervisões e orientações concluídas


            Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização(4)


              Leonardo Ferron Baggio. Autonomia Social na Política: estudo sobre uma campanha colaborativa. (Aperfeiçoamento/Especialização em Comunicação e Cultura: Interfaces) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Jerussa Ramos. Youtube: a TV da nova geração. (Aperfeiçoamento/Especialização em Comunicação e Cultura: Interfaces) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Camozzato, Juliane. O estudo do marketing 3.0 e fidelização do consumidor da marca Farm. (Aperfeiçoamento/Especialização em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Nikole Rocha. Interferências do consumo na cultura: um olhar sob o mecenato dos Médici. (Aperfeiçoamento/Especialização em Comunicação e Cultura: Interfaces) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.


            Trabalho de conclusão de curso de graduação(24)


              Matheus Guimarães Santanna. O vídeo-ensaio como um novo formato da crítica cinematográfica. (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Raíssa Castor. Identidade no desenho animado brasileiro: estudo de caso da animação "Carlos". (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2017.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Dayse Priscilla Mateus de Morais. O uso e a apropriação da marca Chanel na construção da identidade de usuários do facebook. (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Geovani Nascimento Martins. Os caminhos que a RPC está tomando devido ao crescimento de usuários do Netflix. (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Jéssica Muchinski. Cenografia enquanto mensagem: a compreensão do projeto cenográfico pelo público do festival XXXPerience no Vale dos Dragões em Curitiba. (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              José Victor Caetano. O reposicionamento erótico da revista Playboy no Brasil: uma nova abordagem no segmento de revistas masculinas. (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2016.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Mariana Santana. Não só a fé: o marketing de serviços e a Igreja Universal do Reino de Deus. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Fernanda Mayumi Ogasawara. Comunicação e competência intercultural: um estudo sobre a Ong AFS Intercultural Brasil. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              APARECIDA SUKEWSKI, G., et al. Marketing Hipermoderno: um estudo de caso da Galeria Lúdica. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2010.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              TISSOT BREMER, A. et. al. Análise dos efeitos do produto Mc Lanche Feliz nas decisões de compra do público infantil. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2010.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              SAMPAIO PISSETT, ANA PAULA et al. A percepção de marcas na pós-modernidade. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2009.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              ISIS OLIVEIRA, KAREN et al. O Conceito de Felicidade do Indivíduo na Sociedade de Consumo. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2009.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              BITTENCOURT TAVARES, GUILHERME et al. Sobrevivência da Música Erudita em Meio à Indústria Cultural. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2009.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              KARASINSKI, EDUARDO et al. As Transformações do Capitalismo e a Segmentação das Mídias: um Estudo dos Jogos Eletrônicos como Novo Meio de Divulgação Publicitária para as Marcas e Produtos. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2009.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              HANG, A.C.; LAGES, B.; KRAUSS, G.; SCHLESENER, L. A influência da comunicação no hábito de consumo e na escolha da marca de cerveja de jovens universitários. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2008.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              VENDRUSCOLO, S; TOREGIANI, C.; CAMPOS, C; LONGE, K; SOUZA, C. A influência da pós-modernidade nos anúncios publicitários. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2008.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Barreto,L; Coutinho, L; Silva,Q; Ribeiro,T e Souza, T. A recepção da música como instrumento de integração social e formação de cidadania. (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2007.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Morenbrun,A; Gaspar, C; Ribeiro, J; Andretti, R; Calasans, R. A ética na criação de campanha publicitária de cerveja. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2006.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Corso, Ricardo; Amarrante, Eduardo. O uso da música clássica na comunicação de uma marca. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2006.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Andressa Miranda/Anelise Cunha/Carolina Brazil/Rafaela Souza. O papel da comunicação em uma determinada organização do terceiro setor: um estudo de caso.. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2005.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              A.Lima Roland/C. Ogata/G. Ferreira/R. Melo/R. Zaleski. A construção de uma marca de vaículo off-road e as relações entre publicidade e pós-modernidade. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2005.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Ernesto Pontoni/Talia Santos/F. Macedo/C. Maikzack/P. Onton. A comunicação publicitária de alimentos veiculada na Revista O Cruzeiro dos anos 1968/1969 comparada com a da Revista Claudia dos anos 2003/2004. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 1968.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              D. Jukowski, L. Miranda, L. Gouvêa, R. Beleski, T. Athayde. A utilização do jazz como instrumento de marketing para a construção de uma identidade de marca. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2004.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              C. Kuss, F. Acosta, Letícia Leal, Mariana Brito, Vivian Zeni. A importância do projeto Criança Amiga do Trânsito desenvolvido pela Econorte na cidade de Londrina para sua população. (Graduação em Comunicação Social) - Centro Universitário Positivo, . 2004.
              Orientador: André Tezza Consentino.


            Iniciação científica(4)


              Santanna, M. Luz, L. Pós-verdade e mediação política: netnografia das páginas de facebook dos pré-candidatos à presidência do Brasil em 2018.. (Graduando em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Fernanda Ogasawara. Comunicação e Competência Intercultural: um estudo sobre a ONG AFS Intercultura Brasil. (Graduando em Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Gabriela Schettert. ?Ilusão da realidade? ? Análise a partir da representação na pintura de René Magritte e nas fotografias de Chema Madoz. (Graduando em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Leonardo Baggio. Internet e as novas formas de Autonomia Social ? Estudo de caso da Operação Egito, do grupo Anonymous.. (Graduando em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.


            Orientações de outra natureza(24)


              Alessandro Guimarães, et alli. O limite da propaganda: o case #bocasualoca de Boticário e Anitta, à luz da ética publicitária e seus limites. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Felipe Gabriel Maia Sucharski, et alli. A comoção da comunidade LGBTQ+ no twitter: uma análise da campanha #minhaúltimamúsica. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              André Stoklos, et alli. Quebra da divisão da moda por gênero pela ótica do Facebook da ÖUS. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Angelo GIovanni, et alli. A repercussão do caso Marielle Franco no Youtube. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2018.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Gabriela Peres, et alli. A Indústria Cultural e sua influência no consumo de música: estudo de caso do k-pop. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Mayara Assad et alli. Neuromarketing: contraste entre teoria e prática. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Eduardo Lopes da Cruz et alli. Estudo sobre o futebol do Barcelona e seu impacto na política da Espanha. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Roberta Ayoub et alli. Relação entre blogueiras de moda e marcas. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Arthur Walter da Silva. O storytelling aplicado à música "1967" de Marcelo D2. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 1967.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Lissa Wan e Maycon Brantes. Beacons na publicidade: o que pensam os empreendedores digitais?. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Vinicius Zanlorenzi. A propaganda comparativa como estratégia de comunicação na campanha "Get a Mac". (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2015.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Percigili, Luciano et al. O Uso da Responsabilidade Social como construção de marca: estudo de caso do projeto ?Vida Saudável? da marca Coca-Cola.. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Mariana de Santana Lourenço, et ali. Os 4P?s da Universal: Análise do Mix de Marketing da Igreja Universal do Reino de Deus. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Rhaina Ferreira, et. ali. Avaliação das contradições presentes na propaganda de alimentos infantil: campanhas do McDonalds denunciadas ao CONAR nos últimos 5 anos. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Leandro de Oliveira dos Santos. A concepção de responsabilidade socioambiental do Instituto Positivo, praticada em suas ferramentas de endomarketing. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Pablo Gertsch. Marketing de conteúdo: marcas contando histórias para atrair e cativar clientes. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Adriano Gustavo Vidal Fregonese, et. ali. O Uso do Branding e Storytelling no Meio Livro como Mídia Publicitária. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Lucas Teixeira et. ali. O papel da torcida organizada do Clube Atlético Paranaense nos recentes casos de violência no futebol. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Willian Ricardo da Silveira Levinski et. ali. O ganho em mídia espontânea na Rádio Transamérica que a empresa Kyocera obteve ao empregar o Naming Rights na Arena da Baixada. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2014.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              Leonardo BAGGIO e Diego Luiz GADOTTI. Da Autonomia Individual de Kant à Autonomia Social dos movimentos em rede. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2013.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              FRANCO, Adriano e VIANA, Marcelo. Os recursos utilizados pela Apple em seu canal do YouTube: iPhone 5. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2013.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              LEONÇO, Neila. Consumo cultural e identidade social do indivíduo na pós-modernidade: uma reflexão sobre as transformações socioculturais segundo as análises de Zygmunt Bauman e Gilles Lipovetsky.. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2011.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              FONSACA, Cassiano. As Chaves do Riso. (Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2011.
              Orientador: André Tezza Consentino.

              SCHULZE, André Nader e SOTO, Gabriel. In Game Advertising: A utilização e as tendências dos espaços virtuais dentro dos jogos para inserção de publicidade.. (Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Positivo, . 2011.
              Orientador: André Tezza Consentino.


          Projetos de pesquisa

            Total de projetos de pesquisa(4)


              2017-Atual. Pos-verdade e mediacao politica: netnografia das paginas de facebook dos pre-candidatos a presidencia do Brasil em 2018.
              Descrição: As novas mediações do discurso político, proporcionadas pelo crescimento das redes sociais on-line, aparentam indicar a radicalização e a polarização dos enunciados, a emergência de um discurso ultraconservador e a disseminação indiscriminada de conteúdos falsos. O movimento põe em xeque alguns pilares das teorias mais otimistas da ciberdemocracia, teorias que apostavam em um aprofundamento da democracia (Pierre Lévy e André Lemos, por exemplo, sustentavam a hipótese de uma nova democracia direta, uma espécie de ágora virtual) e, por meio de um movimento de inteligência em rede, a inteligência coletiva, um caminho inexorável de confronto aos regimes e projetos fascistas. A pesquisa proposta para esta tese é, a partir de uma netnografia das páginas de facebook dos pré-candidatos à presidência do Brasil em 2018, verificar o atual estágio das mediações políticas on-line, tendo como objeto de estudo principal a ?pós-verdade?, que segundo o dicionário Oxford (que elegeu a palavra ?pós-verdade? como a palavra do ano de 2016) significa ?as circunstâncias em que a verdade objetiva é menos importante para a opinião pública do que a emoção e as crenças pessoais?. Como justificativa de pesquisa, vale ressaltar que a política sempre foi um dos grandes temas do campo da comunicação. Da Escola de Frankfurt à hipótese da agenda-setting, dos estudos culturais à cibercultura, a política preservou intacta sua relevância destacada nas teorias da comunicação. Há muitas razões para esta distinção e uma das mais notáveis (se não a principal) é atentar que não se pode estudar os meios de comunicação sem observar as suas tensões e relações com os instrumentos de poder. Por isto mesmo, os meios de comunicação, em todo o mundo, tradicionalmente foram submetidos a diversos instrumentos de regulamentação e controle do Estado, buscando, no horizonte ideal, a preservação da cidadania e garantias mínimas da legitimidade e da veracidade da informação. Nos meios tradicionais, antes da emergência de uma sociedade interconectada, mesmo quando a regulamentação fracassava em seus propósitos, havia instrumentos à disposição ? o fracasso dizia menos sobre a possibilidade da regulamentação, do que a natureza política da regulamentação. Em tempos de redes sociais e facebook, a história já é outra, não só porque há uma enorme dificuldade de regulamentação da rede (até porque ela não está limitada a um território físico, uma vez que a rede é, em certo sentido, um ?não-lugar?), mas também porque a enunciação não está mais restrita a um grupo ou instrumento de poder, mas a qualquer ponto disponível de conexão. A liberdade de expressão que a rede proporciona é de natureza diversa dos meios tradicionais e, se em uma direção, ela aponta para uma força de articulação e potencialização das identidades e da política, por outra, ela aponta para novos instrumentos de controle, vigilância e contravenção. A novidade das novas mediações possibilitadas pela rede já seria justificativa relevante para tema de pesquisa. O poder inequívoco que emana delas faz desta temática fundamental para a compreensão do que é a política contemporânea, bem como dos riscos e ameaças envolvidos à democracia.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: André Tezza Consentino - Coordenador / MATHEUS GUIMARÃES SANTANNA - Integrante / LUIZ EDUARDO FERNANDES LUZ - Integrante.
              Membro: Andre Tezza Consentino.

              2013-2014. ?Ilusao da realidade? ? Analise a partir da representacao na pintura de Rene Magritte e nas fotografias de Chema Madoz
              Descrição: Segundo o estudo de BRAUNE, o Surrealismo nasceu em 1920 em Paris apoiado na filosofia nietzschiana, no sentido de tirar-nos de tantos séculos de letargia social, tentando libertar o homem da alienação oriunda de uma sociedade caldada nos preceitos da razão, da ética, da moral e dos cânones religiosos erigidos sobre as bases da verdade absoluta e da inquestionabilidade dos dogmas (BRAUNE, 2000, p. 25). Foi um dos movimentos com algumas das tendências artísticas mais importantes do século. A palavra francesa ?sur-réalisme? ? surrealismo (super-realidade) foi primeiramente usada para nomear um movimento literário e os termos surrealismo e surreal ?entraram na linguagem comum para descrever acontecimentos de natureza bizarra ou estranhamente coincidentes? (FARTHING, 2011, p.426). André Breton junto com Louis Aragon adotaram a palavra, dando-lhe significado teórico e prático, o que originou a época surrealista. Breton acreditava que o propósito da criatividade era libertar o inconsciente (FARTHING, 2011, p. 426). O surrealismo acaba manipulando o pensamento inconsciente na "atividade criativa" a partir da influência da psicanálise, como acreditava Breton. E um dos principais artistas do surrealismo, cujas obras tinham como característica metáforas que se apresentam como representações realistas e manipulam o inconsciente, foi o pintor René Magritte. Com objetos comuns justapostos a símbolos que sempre apareciam em suas obras, mas da maneira como eram representados não eram encontrados na vida real, Magritte construía suas obras através de contemplação e questionamentos ?em relação aos fenômenos da vida diária? (CORK e FARTHING, 2011, p. 432). O fotógrafo espanhol surrealista Chema Madoz é conhecido como um dos maiores surrealistas da atualidade, e resgata as ?metáforas? que antes eram usadas nas obras de Magritte. Suas fotografias não exigem uma grande produção e em geral são simples, em preto e branco ou sépia. Assim como Magritte, Madoz traz a ilusão com a questão do ?nem tudo é o que parece ser? e tira objetos de seu contexto habitual, dando-lhes percepções e significados diferentes dos habituais, o que muda a questão da obra de arte ou da fotografia serem consideradas uma imitação do real ? discutida desde o início da fotografia ? mudança essa que se exacerbou com a manipulação das imagens. "A foto não é apenas uma imagem (o produto de uma técnica e representação de papel que se olha simplesmente em sua clausura de objeto finito) (...)", afirma DUBOIS (1993, p. 15). A fotografia muitas vezes julgada como cópia do real, depois de sua produção, recebe diferentes interpretações. Além da percepção do fotógrafo, há a percepção do receptor que a contempla. Magritte, em suas obras, traz a imitação do real e, com isso, faz questionamentos, o que possibilita as diversas interpretações. Sua obra La trahison des images (1929) mostra em primeiro plano um cachimbo e embaixo a frase ?Ceci n?est pas une pipe?, que significa ?Isto não é um cachimbo?. Mesmo o cachimbo estando no quadro, sua representação não é real, o que reforça a ideia de mímesis de Platão: toda criação acaba sendo uma imitação do real do mundo das ideias. Já Madoz, em uma de suas fotos mais célebres, faz refletir sobre como seria irônico prender uma nuvem em uma gaiola. Essa nuvem pode ser comparada a um pássaro, que também pode ser preso na gaiola, mas na verdade deveria ser livre. A nuvem, assim como o pássaro, é livre e, ao serem colocados em uma gaiola, toda a liberdade desaparece. Habituar-se a certos signos não serve para nada, quando o significante muda tudo o que já é conhecido.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: André Tezza Consentino - Coordenador / Christian L. M. Schwartz - Integrante / GABRIELA ANTUNES SCHETTERT - Integrante.
              Membro: Andre Tezza Consentino.

              2013-2014. Comunicacao e Competencia Intercultural: um estudo sobre a ONG AFS Intercultura Brasil
              Descrição: Com os avanços tecnológicos e da globalização o mundo parece ficar cada vez menor. As barreiras territoriais diminuem a medida que a cultura de um povo fica mais acessível ao resto do mundo. Para entender a importância da comunicação e competência intercultural é de suma importância que se defina o que é cultura. Para tanto, será utilizado os conceito de dimensão cultural desenvolvido por Geert Hofstede (1991) e a evolução dessa teoria apresentada por Cheryl Nakata (2009). Hoje, um carro fabricado no Brasil tem suas peças compradas da China, Índia, Singapura, França e vários outros países. O número de negócios fechados ?over seas? cresce a cada dia. Entender a ?outra cultura? é fundamental para o sucesso na negociação. Todavia, segundo Joseph O´Connor (2012), ?as pessoas respondem a sua experiência, não à realidade em si. Nossos sentidos, nossas crenças e nossa experiência passada nos dão um mapa do mundo a partir do qual podemos operar, mas um mapa jamais pode ser inteiramente preciso, caso contrário, seria igual ao terreno que abrange.? Ainda na ideia da visão do mundo segundo a própria programação de mundo do homem, Roy Wagner (2010) coloca que ?na realidade (...) todo nosso leque de controles convencionais, nosso ?conhecimento?, (...) são um conjunto de dispositivos para a invenção de um mundo natural e fenomênico?. Pensando em um contexto global é de suma prioridade identificar habilidades críticas e fundamentais para um líder em um ambiente intercultural. Segundo Darla Deardorff (2009), identificar as competências culturais necessárias para o líder deve ser um foco dos estudos interculturais. Também, devem ser apontados maneiras e caminhos para que essas competências possam ser desenvolvidas. Para tentar fazer uma relação entre teoria e prática, far-se- á entrevistas com ex-intercambistas da ONG AFS Intercultura Brasil e verificar-se- á não somente as competências interculturais desenvolvidas assim como observar-se- á a importância da comunicação intercultural na aquisição intercultural.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: André Tezza Consentino - Coordenador / Christian L. M. Schwartz - Integrante / FERNANDA MAYUMI OGASAWARA - Integrante.
              Membro: Andre Tezza Consentino.

              2013-2014. O crescimento da autonomia individual e social da sociedade em rede
              Descrição: Os movimentos sociais que de alguma forma foram estimulados e viabilizados pelas plataformas digitais são classificados por Castells (2012) como ações de Autonomia Social. A pesquisa proposta analisará esses movimentos a partir do conceito de Autonomia, de Kant, passando por conceitos da Cibercultura e da Ciberdemocracia, de André Lemos e Pierre Levy, e pelo próprio conceito de autonomia de Castells. Entre os movimentos analisados estão a Primavera Árabe, as Jornadas de Junho, o Anonymous e o Wikileaks. O objetivo é avaliar, a partir dos movimentos, e a partir da bibliografia, as relações entre as mídias digitais e os processos de autonomia.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: André Tezza Consentino - Coordenador / Leonardo Baggio - Integrante.
              Membro: Andre Tezza Consentino.


          Prêmios e títulos

            Total de prêmios e títulos(16)


              EPIC 2018 - Projeto de Iniciação Científica - Segundo lugar da área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Universidade Positivo.. 2018.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma dos formandos, Universidade Positivo.. 2017.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor Nome de Turma do formandos, Universidade Positivo.. 2015.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma dos formandos, Universidade Positivo.. 2015.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Expocom Nacional 2014 - Melhor Anúncio Impresso - Professor Orientador, Sociedade Intercom.. 2014.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma do formandos, Universidade Positivo.. 2013.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Horna ao Mérito em reconhecimento aos inestimáveis serviços prestados à associação Intercom, coordenando o Congresso Nacional 2009., Sociedade Intercom.. 2012.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma dos formandos, Universidade Positivo.. 2012.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma de formandos, Universidade Positivo.. 2008.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma de formandos, Universidade Positivo.. 2007.
              Membro: André Tezza Consentino.

              Professor homenageado pela turma de formandos, Universidade Positivo.. 2005.
              Membro: André Tezza Consentino.

              PRATA - Prêmio Colunistas Paraná 2001, categoria Produtos e Serviços, Abracomp-Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda.. 2001.
              Membro: André Tezza Consentino.

              PRATA - Prêmio Colunistas Brasil, desenvolvimento de embalagem, Abracomp - Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda.. 2000.
              Membro: André Tezza Consentino.

              OURO - Prêmio Colunistas Paraná 2000, desenvolvimento de embalagem, Abracomp-Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda.. 2000.
              Membro: André Tezza Consentino.

              PRATA - Prêmio Colunistas Paraná 2000, case de marketing internacional, Abracomp-Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda.. 2000.
              Membro: André Tezza Consentino.

              PRATA - Prêmio Colunistas Paraná 1999, campanha beneficente, Abracomp-Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda.. 1999.
              Membro: André Tezza Consentino.


          Participação em eventos

            Total de participação em eventos(26)


              III Encontro Docente.As Artes de Viajar. 2019. (Encontro).

              Dia de Jornalismo e Estudos Midiáticos.Intolerância e pós-verdade. 2018. (Encontro).

              Ensicom 2018. Encaminhamentos de ações Fórum Ensicom para o ano de 2019.. 2018. (Congresso).

              Ensicom 2018. MESA 1 - AS DIRETRIZES PARA ÁREA DA COMUNICAÇÃO SOCIAL ? DESAFIOS PARA ELABORAÇÃO E IMPLANTAÇÃO. É POSSÍVEL PARA O SÉCULO XXI?. 2018. (Congresso).

              Ensicom 2018. A Crise do Ensino e os Problemas de Pós-Graduação em Comunicação no Brasil.. 2018. (Congresso).

              Ensicom 2018. Mesa de Abertura. 2018. (Congresso).

              Epic2018.Pós-verdade e mediação política: netnografia das páginas dos pré-candidatos à presidência do Brasil em 2018. 2018. (Encontro).

              VI Congresso Internacional de la AE-IC. Pós-verdade e mediação política: netnografia das páginas de facebook dos candidatos à presidência do Brasil em 2018.. 2018. (Congresso).

              40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Fórum Ensicom - Relatos de resultados de pesquisas e experiências da Formação Profissional (egressos) dos regionais.. 2017. (Congresso).

              40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Fórum Ensicom. Mundo do Trabalho e a Formação Acadêmica: Diploma para que? - Avaliação, realidade e necessidades para formação profissional. Diretrizes Curriculares.. 2017. (Congresso).

              Pensacom - Brasil - 2017.Fórum Ensicom - O ensino, a pesquisa e a extensão frete à demanda para o mundo do trabalho - diretrizes curriculares. 2017. (Encontro).

              Comunicon 2015 - Congresso Internacional Comunicação e Consumo. Fascínio da Mercadoria: Interfaces com a Arte. 2015. (Congresso).

              XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Os Limites de uma Epistemologia para o Ensino de Publicidade e Propaganda. 2014. (Congresso).

              #VemPraUP.#VemPraUP. 2013. (Encontro).

              XXXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Apontamentos da Moral Mínima: Adorno leitor de Nietzsche. 2013. (Congresso).

              II Semana de Comunicação da Universidade Positivo.Entre o texto literário, o jornalístico, e o publicitário. 2012. (Encontro).

              XI Politicom. GT1 Propaganda Política e Ideológica. 2012. (Congresso).

              XXXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2011. (Congresso).

              Fórum de Marketing e Negócios do Paraná. 2010. (Outra).

              XIV Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia. Adorno e a Indústria Cultural: atualidade e limites do conceito. 2010. (Congresso).

              XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Publicidade e consumo: interfaces comunicação e juventude. 2010. (Congresso).

              III Encontro de Pós-Graduandos em Filosofia.A ascensão do luxo e a corrosão da autoridade. 2009. (Encontro).

              XXXII Congresso Brasileiro das Ciências da Comunicação. Autoridade, Estética e Consumo: Limites para o Conceito de Indústria Cultural. 2009. (Congresso).

              III Fórum de Marketing de Curitiba.O case FOX. 2007. (Outra).

              Intercom Sul - VII Simpósio de Pesquisa em Comunicação.Relações entre produção e recepção da música massificada contemporânea. 2006. (Simpósio).

              XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2006. (Congresso).


          Organização de eventos

            Total de organização de eventos(8)


              ALMEIDA, F. F. ; TEZZA CONSENTINO, André. Fórum Ensicom 2018. 2018. Congresso

              TEZZA CONSENTINO, André; BASTOS, R. ; CARRILHO, K. N. ; BRIZENO?, M. ; PICOLIN, J. C. ; ALMEIDA, F. F.. Fórum Ensicom 2017. 2017. Congresso

              TEZZA CONSENTINO, André; OMENA, A.. 20º Prêmio Luiz Beltrão. 2017. Outro

              TEZZA CONSENTINO, André; MACHADO, C. M. ; PALMIEIRI, N.. Guarda-Chuva. 2013. Outro

              TEZZA CONSENTINO, André; HOHLFELDT, A. ; GOBBI, M. C. ; BARBOSA, M. C.. Lançamento do Prêmio Luiz Beltrão (Intercom 2009). 2009. Outro

              HOHLFELDT, A. ; TEZZA CONSENTINO, André ; BARBOSA, M. C. ; OLIVEIRA FILHA, Elza ; ZACLIS VEIGA, Maria. Intercom 2009 - Comunicação, Educação e Cultura na era Digital. 2009. Congresso

              TEZZA CONSENTINO, André. A palavra escrita está em crise?. 2006. (Exposição).. . 0.

              TEZZA CONSENTINO, André. Semana da Comunicação e Cultura. 2005. (Exposição).. . 0.


          Lista de colaborações

            Colaborações endôgenas(2)


              André Tezza Consentino ⇔ Ricardo Pedrosa Macedo(2.0)

                André Tezza (Org.) ; Christian Schwartz (Org.) ; Christiane Monteiro Machado (Org.) ; CASTELO, Hilton (Org.) ; Ricardo Pedrosa Macedo (Org.). Memória da publicidade paranaense : pioneiros. 1 ed. Curitiba: Universidade Positivo, 2013. v. 1, p. 148.

                MACEDO, Ricardo Pedrosa; TEZZA, André Consentino (Org.) ; CASTRO, Alexandre (Org.). Comunicação reflexões, experiências, ensino - volume 1. 1 ed. Curitiba: , 2008. v. 1, p. 228.


              André Tezza Consentino ⇔ Hilton Antonio Marques Castelo(1.0)

                André Tezza (Org.) ; Christian Schwartz (Org.) ; Christiane Monteiro Machado (Org.) ; CASTELO, Hilton (Org.) ; Ricardo Pedrosa Macedo (Org.). Memória da publicidade paranaense : pioneiros. 1 ed. Curitiba: Universidade Positivo, 2013. v. 1, p. 148.





          (*) Relatório criado com produções desde 1900 até 2019