Movimento Maker e Uso da Tecnologia na Educação

O curso encara a tecnologia e os meios de comunicação como maneiras de ajudar a melhorar o processo de ensino/aprendizagem. As disciplinas trazem discussões sobre o movimento maker, programação, sobre como as redes sociais podem ser usadas em sala de aula, como assuntos do momento podem ser analisados a partir do trabalho com jornais, emissoras de rádio e TV. O curso mostra como o celular e tablets podem ser utilizados no ensino e faz a relação entre movimento maker e educomunicação.

Especialização tradicional

São mais de 200 opções de cursos em diversas áreas. Os professores são referência no mercado e a UP conta com uma das melhores infraestruturas de ensino do país. Cada curso tem estrutura curricular exclusiva e carga horária específica (com mínimo de 360 horas).

Diferenciais

  • Único curso a trabalhar com movimento maker.
  • Faz a relação entre movimento maker e educomunicação.
  • Profissionais do mercado com experiência na área de comunicação.

Mercado de trabalho

Todos os professores podem fazer o curso para utilizar novos métodos de ensino em sala de aula. Além disso o curso também aborda possibilidades contemporâneas para a educação com o uso do movimento maker, rádio, TV, internet e outros meios tecnológicos.


Perguntas frequentes Saiba mais
Felipe Harmata Marinho

Felipe Harmata Marinho

Doutorando de Ciências da Informação, na Universidade Fernando Pessoa, em Porto, Portugal. Possui Graduação em Jornalismo pela Universidade Positivo, Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, pela PUCPR e Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas na UEPG.

Felipe Harmata Marinho

Doutorando de Ciências da Informação, na Universidade Fernando Pessoa, em Porto, Portugal. Possui Graduação em Jornalismo pela Universidade Positivo, Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, pela PUCPR e Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas na UEPG.

Renan Colombo

Especialista em Mídias Digitais (UniCesumar), mestre em Ciência Política/Comunicação Política (UFPR) e doutorando em Ciências da Informação (UFP, Portugal). É professor de Jornalismo e de Especialização de diversas universidades do Paraná.

Hendryo André

Doutor em Jornalismo pela UFSC. Mestre em Comunicação e Sociedade pela UFPR. Professor do curso de Jornalismo da Universidade Positivo. Vice-coordenador da Divisão Temática de Jornalismo da Intercom Junior. Pesquisa as implicações da estigmatização de personagens no jornalismo criminal.

Encontre outros cursos de Pós-Graduação
Duração 360 horas
De 01 de abril de 2019 a dezembro de 2019.
Dias e Horários Segundas e quartas-feiras das 19h às 22h, semanalmente
Unidades
  • Curitiba – Santos Andrade
Matriz curricular

Obrigado por se cadastrar!
Faça o download da matriz curricular

Matriz Movimento Maker e Uso da Tecnologia na Educação

Para ver a matriz curricular, por favor informe:

Investimento 24 parcelas de R$ 400,00

Inscreva-se agora e garanta descontos na matrícula:
Até 31/12 – 20% de desconto
Até 31/01 – 15% de desconto
Até 1/03 – 10% de desconto