Sem deixar ninguém na mão: auxílio virtual psicológico

O curso de Psicologia da Universidade Positivo, em parceria com a ONG RNP+ Curitiba, não deixa quem necessita sem amparo, principalmente em um momento como este, de isolamento social. A aluna do 4° ano Gabriella de Oliveira Machado e a egressa Andressa Schwartz estão mantendo as rodas de conversa virtuais para quem convive diariamente com o HIV e a Aids.

Sendo supervisionada pela psicóloga Luciana Nascimento, também egressa da UP, Gabriella atua como voluntária na roda de conversa online na terça, às 20h, e Andressa na quinta, às 20h.

Uma das coordenadoras da ONG, Maria do Socorro de Lisboa, considera importante continuar os encontros, pois os participantes auxiliam uns aos outros. “Eles conversam sobre exercícios que ajudam a superar a ansiedade e melhorar o sono, sobre os trabalhos e cursos on-line e sobre como está a disponibilidade de medicamentos para o HIV durante a pandemia”, conta Maria. Para ela, já é possível notar que, para os participantes, o grupo segue com a mesma importância, apesar dos encontros serem virtuais.

“Em meio ao novo cenário, trabalhar com o grupo de forma on-line permite que o vínculo continue sendo alimentado e que os participantes que tinham dificuldade de tempo para participar dos encontros presenciais possam marcar presença nas discussões. O trabalho continua sendo embasado na ética e no sigilo de cada participante. Atuando com a construção de temas para discussão e mantendo a validação da opinião de cada indivíduo para contribuição do grupo”, afirma Andressa Schwartz.