Perspectivas do mercado gastronômico pelos olhos da chef Carla Pernambuco

Com o objetivo de proporcionar um momento de discussão e reflexão sobre os impactos da pandemia no ramo gastronômico, o curso de Gastronomia da Universidade Positivo convidou a chef Carla Pernambuco para conversar com os alunos e professores em uma videoconferência.

Com o início da pandemia, Carla Pernambuco, que é referência no ramo e há 25 anos é proprietária do Restaurante Carlota, em São Paulo, precisou se reinventar. “Dormi com um restaurante e acordei um delivery”, comentou. As mudanças de estrutura da equipe e do cardápio tiveram que ser feitas de um dia para o outro.

Mas, apesar das grandes mudanças, a chef acredita que, após a pandemia, haverá uma modificação no comportamento e no consumo dos alimentos, pois as pessoas ficarão mais em casa. Essa é uma oportunidade para os pequenos empreendedores. “É momento de pararmos de pensar em receitas e pensar em projetos”, afirmou Carla.

Além disso, segundo Carla, devemos usar a força da Gastronomia para transmitir algo positivo para o coletivo. “Não é momento de desistir. Temos que persistir, pois sempre é possível trabalhar com menos, ser menor que antes e ser mais feliz”, finalizou.

A coordenadora do curso de Gastronomia da Universidade Positivo enfatiza que esse momento foi muito rico para professores e alunos. “Escutar alguém com uma carreira consolidada e que, neste momento, também teve que buscar alternativas para permanecer no ramo e está conseguindo, contribuiu muito para permanecermos motivados e convictos de que estamos na profissão certa”, concluiu a coordenadora.